Reforma Administrativa de Lisboa Norte

Neste artigo iremos discutir a reforma dos limites administrativos dos municípios de Lisboa, Oeiras, Amadora, Odivelas e Loures. A situação atual:

  1. Expansão do município de Lisboa: a fronteira do município de Lisboa seria alargada até à autoestrada CRIL \ IC17 \ A36 mais a zona de Sacavém entre a autoestrada A1 e rio Tejo e rio Trancão. Com esta atualização, Lisboa ganharia os seguintes bairros: Alfornelos (Amadora), Pontinha, Serra da Luz, Senhor Roubado, Olival Basto (Odivelas), Fetais, Prior Velho, Portela, Moscavide e Sacavém (Loures).
  2. Odivelas, nova freguesia de Loures: devido à perda de população e território de Loures e Odivelas devido ao ponto 1, Odivelas seria transformada de município em freguesia do município de Loures.
  3. Partição do município de Sintra em dois municípios, Sintra e Belas: o município atual de Sintra seria separado em dois, o de Sintra, com a vila histórica, praias atlânticas, zona rural, e o Belas, com a zona urbana da Linha de Sintra e alguma zona saloia. O novo munício de Sintra teria as freguesias de Sintra, Colares e São João das Lampas. O novo município terias as freguesias de Almargem do Bispo, Algueirão – Mem Martins, Rio de Mouro, Cacém, Mira-Sintra, Massamá, Queluz e Casal de Cambra.
  4. Alfragide, nova freguesia de Oeiras: a freguesia de Alfragide atualmente no município da Amadora seria transferida como está para o município de Oeiras.
  5. Amadora, nova freguesia de Belas: a Amadora seria transformada de município em freguesia do novo município de Belas, criado no ponto 3. Relembramos que devido ao ponto 4, a freguesia de Alfragide já estaria no município de Oeiras quando tal acontecesse.