Divina Providência

Allegory of Divine Providence and Barberini Power (1633)
No prólogo da constituição boliviana, aprovada por Evo Morales em 2009, ficou gravado: “Cumprindo o mandato de nossos povos, com a força da nossa Pachamama, e graças a Deus, refundamos a Bolívia”. Mas, agora que Evo renunciou à presidência e se exilou no México, a oposição quer refundar o país.

Na terça-feira à noite, a autoproclamada presidente da Bolívia, Jeanine Añez Chavez, falou ao parlamento boliviano segurando uma Bíblia. Era uma clara afronta ao ex-presidente, que baniu o livro sagrado do palácio presidencial em 2009, quando a nova constituição instituiu que a Bolívia é um país laico. Agora parece ter chegado a hora da revanche.  Luis Fernando Camacho, líder da direita bíblia, organizou a oposição à Evo com uma bíblia na mão: “A Pachamama nunca voltará ao Palácio. Bolívia é de Cristo”, disse numa gravação feita para as redes sociais. No Twitter disse ainda que pediria a prisão de Evo e seus ministros: “No es veganza, es justicia divina.” [Carol Pires (2019), Globo]

Leave a Reply