O Cruzado R. Voltou

“…no topo de um monte redondo, fica a cidade de Lisboa, cujas muralhas descem em socalcos até à margem do rio Tejo, dele ficando separadas apenas por um pano de muralhas que assentam no chão.” 
Carta do Cruzado R., século XII

Lisboa Romana

O Cruzado R. volta a Lisboa em 2015. E já não vem de barco, mas sim de avião. A sua descrição seria, de certo, bastante diferente. “…na margem norte do estuário do Tejo, estende-se a cidade de Lisboa, ocupando colinas, vales e planícies; com a ponta da sua palheta na praça do Terreiro do Paço, a cidade estende-se junto ao Tejo até Algés, em Oeiras, e até ao Sacavém, em Loures; são as pontas do arco que atravessa as localidades de Carnaxide, Amadora, Belas, Casal de Cambra, Odivelas, Santo António dos Cavaleiros e Camarate, delimitando o seu perímetro. Tem a Baixa pombalina como seu centro histórico e o Saldanha como centro citadino; destacam-se ainda duas grandes manchas, o Monsanto e o Aeroporto.”

Leave a Reply