História

Nietzsche faz a distinção entre três utilizações da História: a arqueológica, a monumental e a crítica. Enquanto a História arqueológica procura preservar o passado e a História monumental deseja emulá-lo, a História crítica pretende libertar o presente das suas reivindicações. Essas três utilizações da História são identificadas com três atitudes: a histórica, a supra-histórica e a não histórica, respectivamente. Para Nietzsche, a atitude histórica tornou-se uma doença histórica (a ruminação interminável do passado) e necessita dos antídotos da supra-histórica (uma orientação para os exemplos eternamente válidos do passado) e não histórica (um esquecimento deliberado do passado nos interesses do presente) para manter aquilo a que ele chama a “higiene da vida”.   

Leave a Reply

Your email address will not be published.